Resenha #12 - Imperfeitos (Lauren Layne)

Ver a imagem de origem

Título: Imperfeitos
Ano: 2019
Editora: Paralela
Autora:  Lauren Layne
Gênero: Romance
Número de páginas: 280
Nota: ⭐⭐⭐⭐⭐

Sinopse: Será que Michael conseguirá encontrar um final feliz depois de ser rejeitado por Olivia? Uma comédia romântica surpreendente sobre como recomeços podem ser a cura para um coração partido. Quantas vezes um mesmo coração aguenta ser despedaçado? Essa é a pergunta que atormenta Michael St. Claire, o ex-bon vivant que, após ser rejeitado por Olivia e abandonado pelo melhor amigo, deixa o glamour nova-iorquino para trás e vai trabalhar num clube de tênis numa cidadezinha no Texas. Há um motivo secreto por trás dessa escolha geográfica: é lá que se encontram seu pai biológico e seu meio-irmão, Devon, que não fazem ideia de sua existência. O que o plano de Michael não previa era conhecer Chloe, a garota mais inteligente, sarcástica e original que ele já vira. Em pouco tempo, eles se tornam grandes amigos, e quando Michael descobre que Chloe é apaixonada por Devon ele resolve que irá ajudá-la. Mas será que dois corações rejeitados conseguem, juntos, construir um recomeço? Ou irão apenas se machucar, perdidos na eterna busca por aceitação e pertencimento? 

***

Oiii! Como prometido, acabei de ler o segundo livro da série Recomeços e vim aqui contar pra vocês minha visão e opinião sobre essa história maravilhosa, por sinal.

O enredo de Imperfeitos começa com Michael, o cara com que a Olivia (do livro Em Pedaços) trai Ethan (seu ex namorado), indo morar no Texas, na cidade de Cedar Grove. Ele morava em Nova York, como seus ex melhores amigos (Ethan e Olivia), mas, por um motivo especial, ele decide abandonar Manhattan.

"(...) Mas o meu sobrenome é pura fachada. Foi imposto a mim pela infidelidade descuidada de uma mulher e o orgulho de um homem. Um homem que não é meu pai. Faz seis meses que traí meu melhor amigo. Seis meses que me afastei dela. Não. Que ela se afastou de mim. E mais que isso... Mais que tudo isso... Faz seis meses que não me importo. Com nada."

Lá nessa cidadezinha, ele começa a trabalhar no Clube de Campo Cambridge, no qual dá aulas de tênis para mulheres mais velhas. Elas veem em Michael uma oportunidade de trair seus maridos ricaços e ele nem liga para isso. Mas há apenas uma mulher que chama a atenção dele logo de cara: Kristin Bellamy.

No entanto, todos os atos de Michael são calculados. Ele decide se aproximar de Kristin porque ela o leva a Devon. Devon, seu meio-irmão, é a maneira para que Michael conheça Tim, seu pai biológico.

Decidido a encontrar outra forma de se aproximar da sua família biológica, sem ser traindo Devon, Michael começa a criar uma relação com Chloe Bellamy, irmã de Kristin e apaixonada pelo namorado da irmã.

Chloe, diferente de Kristin, não tem um corpo magro e lindo. Ela se considera uma menina acima do peso e que não chama a atenção de nenhum homem, principalmente do cara por quem é apaixonada. É de partir o coração vendo-a se menosprezar tanto...

Michael tem a ideia de ajudar Chloe a se tornar mais saudável, virando seu personal trainer. Ele só não esperava que, no fundo, fosse acabar se interessando por Chloe, ainda que ele não admita isso nessa altura do livro. Ela intriga ele. E ele sabe como é estar no lugar dela.

"Fico irritada por não ser imune ao seu calculado jeito de vagabundo. Mas o que me incomoda mesmo é que ele sabe. Sabe o que eu nunca disse a ninguém. Que não me sinto no controle da minha vida."

"Mas, assim que as palavras saem da minha boca, me dou conta de que estou sendo mais sincero do que imaginava. Chloe é... Não sei o que Chloe é. Mas odeio que se veja como alguém de segunda linha."  

O feriado de 4 de julho se aproxima, e Chloe convida o "Gostosão" (a maneira como ela intitula Michael, rs) para passar o fim de semana na casa de lago dos Bellamy e dos Patterson. A princípio, ele não pensa em aceitar, mas, depois de pensar, percebe que essa é uma oportunidade única de finalmente conhecer Tim Patterson, que acabou de voltar de viagem.

Nesse fim de semana, Michael e Chloe ficam ainda mais próximos. Ele quer ajudá-la a conquistar Devon, porém, tudo começa a mudar quando ele tem a brilhante ideia de fazer com que ela treine como beijar e seduzir os homens.

Chloe conta a ele que nunca sentiu aquele frio na barriga ao beijar alguém e que se acha estranha quanto a isso. E, para conquistar Devon, ela terá que aprender a como "reagir" a um beijo. Michael e Chloe se beijam e aí já era...

"É esquisito como sinto falta daquela garota quando ela não está por perto." 

"As pessoas agem como se eu estivesse evitando ser atraente. Não conseguem ver que é assim que meu cérebro funciona? Não entendo essa coisa da sedução." 

Scott, um amigo da família e que está na viagem, começa a dar em cima de Chloe, e Michael acredita que ele seja o cara ideal pra ela fazer ciúmes em Devon. E, quando Scott diz para Michael que os dois se beijaram, o "Gostosão" fica arrasado. A partir daí, conseguimos perceber que Michael está começando a se render a um sentimento que ele lutou pra não sentir novamente depois de Olivia: paixão.

"Meus olhos procuram Chloe com seu sorriso falso e grande demais, seu cabelo todo bagunçado, e fico... bravo. Bravo por ela ter beijado um cara pensando em outro. Bravo por nenhum deles ser eu."

Tudo acontece nessa viagem!!!! Até Devon e Kristin terminam o namoro. E Michael finalmente encontra Tim, ficando confuso e triste por ele não o reconhecer (era óbvio que ele não reconheceria, ele não faz ideia de que tem um filho). Chloe vai atrás dele e o convence a se abrir, a contar o que ele tanto esconde, o verdadeiro motivo para se mudar pro Texas...

As coisas acabam indo por água abaixo quando Michael "rejeita" Chloe. Depois de se beijarem (não como treino), ela quer dar um passo a mais, sentir como é ser desejada por um homem, mesmo que depois vire só mais uma na lista de Michael. Naquela noite, sua vontade era de cometer uma loucura, sem pensar nas consequências. 

Só que o "Gostosão" impede que o clima entre os dois esquente. Isso era tudo que Chloe não queria sentir de novo: o peso de ser sempre a irmã rejeitada. E é exatamente isso que acontece. Michael alega que não quer ser a segunda opção de alguém novamente (como foi com Olivia e Ethan), pois a prioridade de Chloe é Devon, não ele. 

"Michael pode estar cansado de ser a "segunda opção". Mas a mulher rejeitada em mim está cansada de ser a coadjuvante platônica." 

"Só que foi ainda mais difícil tentar explicar a ela que eu não merecia o que estava me oferecendo. Porque a maior merda disso tudo é que eu quero merecer uma garota como Chloe Bellamy." 

Vou parar por aqui para não dar mais spoiler do livro, rs. Mas o que tenho pra vocês é: LEIAM ESSE LIVRO, PELO AMOR DE DEUS! Se vocês gostam desse gênero de comédia romântica, considerem a minha sugestão. Eu achei ele tão perfeito! Um livro leve, que você não passa tanta raiva com os personagens, só fica torcendo pra que tudo dê certo logo. Eu achei ele muito amorzinho e Chloe contribuiu muito pra isso. Ela é sensacional, uma das melhores personagens de livros que eu já li!

PS: não narrei aqui, mas no final tem uma cena muito engraçada e bizarra, que eu morri de rir e de V.A!!! A escritora fez muito bem em pensar nessa parte, deixou tudo ainda mais divertido e fofo. Ou seja, se você ficou curioso(a), não perca tempo, leia esse livro, rs!

OBS: Só mais duas citações, prometo hahaha!

"A ideia de uma vida sem Chloe me deprime mais do que deveria." 

"Passei a maior parte da minha vida pós-adolescente tentando fazer Devon me notar. Agora que consegui, só consigo pensar num cara sombrio e raivoso cheio de traumas." 

Espero que tenham gostado e perdão por esse post enorme, mas foi feito com muito amor e carinho por essa história. Sem dúvidas, o melhor livro da série Recomeços. ♥️

24 comentários:

  1. bem legal conferir a resenha dessa sequencia por aqui,parece mesmo uma ótima comédia romantica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lívia!
      A série Recomeços é maravilhosa, vale a pena ler, principalmente o livro Imperfeitos. Impossível não soltar umas risadas e se apaixonar pelos personagens! ♥
      Beijos!

      Excluir
    2. Amo comédias românticas e essa parece-me excelente!

      Beijinhos,
      Carol & The Blog

      Excluir
    3. É maravilhosa mesmo! Leia, não irá se arrepender. ♥
      Beijos!

      Excluir
  2. Hey Andressa! Tudo bem?
    Não sou muito fã de ler comédia romântica, prefiro deixar pros filmes kkk
    Mas adoro esse tipo de história leve e divertida, talvez eu arrisque essa leitura entre um livro e outro pesado!
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Já estou te seguindo.
    Volte sempre!

    | Blog Misto Quente |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thammy! Tudo bem, sim. Espero que com você também esteja tudo certo.
      Eu amo esse gênero de comédia romântica, então sou suspeita pra falar hahaha. Mas esse livro é muito bom, ótimo pra rir e descontrair. Arrisca, sim! Você não vai se arrepender! ♥
      Beijos!

      Excluir
  3. Uau, que história!
    Amo comédia romântica e essa me despertou o desejo de ler. Adorei a resenha. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isabel! Que bom que gostou da resenha e se interessou pela história. O livro é maravilhoso, vale a pena ler. ♥
      Beijos!

      Excluir
  4. Gente, esses romances são muito loucos, né? Quase de triar o fôlego e cheio de reviravoltas!

    ResponderExcluir
  5. O tamanho do post já demostra como gostou do livro, o que nos inspira ainda mais a ler, arrasou gatinha, sucesso, seu blog é lindo.

    ResponderExcluir
  6. É possível ler esse livro sem ter que seguir a série? Pois eu gostei da premissa, mas não consigo acompanhar séries de livros :/
    Fiquei curiosa com a cena final, entre romances, eu gosto de comédias românticas...
    Ahh, estou seguindo o blog!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, se você ler todos os 3 livros, vai fazer mais sentido e você vai até entender melhor algumas partes. Mas, como são personagens principais diferentes em cada livro, você pode ler separado. Não afeta muita coisa você deixar de ler os outros, só vai faltar algumas informações mesmo...
      Esse é o melhor da série e o mais divertido! ♥
      Beijos!

      Excluir
  7. uauu! Adorei a sua resenha, ja fiquei curiosa p ler, é um estilo q eu amooo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ingrid!
      Foi super fácil fazer a resenha, o livro contribuiu muito. É simplesmente maravilhoso! Lê, sim, você vai amar! ♥

      Excluir
  8. Olá, Andressa.
    Eu só vejo elogios aos livros da autora. Mas não sei porque não bate aquela vontade de ler eles. Esse gênero é um que não me atrai tanto assim e só leio de vez em quando se for depois de um livro mais pesado. Mas dai dou preferencia para os que já tenho no kindle.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Entendo... Eu sou ao contrário, só gosto de ler livros assim, pqe me divertem hahaha. Não curto muito e-book, sou mais do livro físico, pra sentir as páginas kkkk.
      Beijos!

      Excluir
  9. Oi
    eu adoro esse gênero de livro e sempre leio resenhas positivas dessa autora, que bom que adorou a leitura e parece ser uma leitura envolvente.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise!
      Que bom que gostou! Leia assim que puder!!
      Beijos!

      Excluir
  10. Esse livro é tudo mdsssss, eu amo!

    Beijo, Bru.
    maniadebruna.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bru! O melhor livro da série, amei muito! ♥
      Beijos!

      Excluir
  11. Oi, Andressa. Tudo bem?

    Eu até tenho esse livro, mas até o momento li apenas Em Pedaços e Como Num Filme. Confesso que não gostei do Michael na aparição que ele tem no primeiro livro, achei meio stalker. Mas eu também não tinha gostado da Olivia no primeiro livro e depois até simpatizei na aparição que ela teve em Como Num Filme, então quem sabe eu não mudo de opinião a respeito do Michael, né?
    E esse negócio de treinar beijo nunca dá bom... Haahhaha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamires! Tudo certo por aqui e espero que por aí também esteja :)
      Eu detestei o Michael e a Olivia no livro "Como Num Filme", mas depois adorei eles em seus respectivos livros. Porém, a melhor personagem é a Chloe. Ela é maravilhosa! Lê "Imperfeitos" que eu tenho certeza que você vai amar e tirar a imagem "ruim" do Michael, assim como eu tirei hahaha. É o melhor livro da série! ♥
      Beijos!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.