Resenha #13 - Muito Além do Amor (Camila Moreira)


Oi, gente! Esse é o primeiro livro que leio da Camila Moreira e já posso dizer que amei a escrita dela e a forma que conduz a história. Muito Além do Amor é o desfecho da série O Amor Não Tem Leis, que ainda tem outros títulos como O amor não tem leisO amor não tem leis: O julgamento final e Minha melodia.

****


Título: Muito Além do Amor
Ano: 2018
Editora: Paralela
Autora: Camila Moreira
Gênero: Romance
Número de páginas: 335
Nota: ⭐⭐⭐⭐⭐

Sinopse: Desde o começo de sua carreira como promotor, Diego Ferraz sempre foi guiado pelo seu senso de justiça. Implacável com os criminosos e gentil com os injustiçados, este jovem de coração valente está satisfeito em viver sacrificando-se pelo bem de todos à sua volta. Quando Diego se depara com o caso de Larissa — vítima de abuso doméstico e mãe de Malu, uma adorável menina de 4 anos — sua vida vira de cabeça para baixo. Ele não consegue parar de pensar nessa linda mulher — que mesmo depois de ter sofrido tanto nas mãos de seu ex-marido, ainda consegue manter sua força, dignidade e, acima de tudo, doçura. Mais que um mero defensor da lei, Diego quer ser o protetor de Larissa e Malu. Quer passar o resto de seus dias ao lado delas, e mostrar o quão boa a vida pode ser quando nos permitimos amar e ser amados. Mas o coração de Larissa já foi machucado antes, e ela conhece melhor do que ninguém os perigos de se apaixonar perdidamente por aparentes príncipes encantados. É melhor se fechar, se proteger, e assim evitar mais dor. Afinal, contos de fada não são reais... certo?

****


Muito Além do Amor se inicia com a visão do protagonista masculino, um promotor do Ministério Público chamado Diego Ferraz. Para salvar a cunhada Clara - esposa de Alexandre Ferraz, seu irmão - de um acidente, Diego se joga à frente de um carro que a atropelaria. Durante meses, ele fica em coma e, quando acorda, parte de sua memória foi afetada.

"O amor é um quebra-cabeça, e as peças somos todos nós."

Antes do acidente, Diego namorava uma mulher chamada Sophie, uma modelo famosa. Por ter perdido um pouco da memória, Diego não se lembra de muitas coisas de seu relacionamento com Sophie e isso acaba prejudicando a relação deles.

Por conta de sua profissão, Sophie vai morar em outro país e Diego fica. Com a distância, eles acabam ficando afastados também emocionalmente. Alguns meses depois, ela volta com a intenção de reconquistar o ex-namorado. Mas o mocinho já não sente a mesma coisa. Ele está confuso com seus sentimentos, sua vida, tudo.

No âmbito profissional, Diego é um cara que vive o trabalho 24 horas por dia e acaba se envolvendo de mais com os casos que pega para defender na promotoria. Inclusive, um caso de violência doméstica, particularmente, chama mais atenção dele do que deveria.

"(...) E ficara esperando a pessoa que roubaria meu coração, a que traria muito mais que sexo, que iria muito além do amor. Mas esse sentimento viera de onde menos esperava. Em termos éticos, eu sequer poderia pensar em Larissa, mas não havia ética e muito menos razão quando o coração batia tão forte a ponto de tirar seu ar."

É o caso de Larissa, uma mulher de 24 anos, mãe, que sofreu abusos pelo seu ex-marido Dennis, há quase dois anos.

Larissa conhece Dennis aos 16, ainda no colégio, mas pensa que ele nunca daria bola para ela. Até que um dia eles se encontram e protagonizam uma cena bem fofa no ônibus. Contrariando suas expectativas, ele menciona seu nome, mostrando que sabe, sim, quem Larissa é.

Desde então, eles começam a namorar, depois se casam e têm uma filha chamada Maria Luiza, ou Malu. Por conta da situação em que Malu presenciara do pai machucando a mãe, ela desenvolve um bloqueio e não fala. Emite alguns sons, mas bem raramente.

"Sofreu tanto que ficar em silêncio foi a melhor maneira que encontrou para lidar com a própria dor."

O presente da narrativa é contado através de ambas visões - do Diego e da Larissa - e o passado apenas pela mulher. Nos capítulos que narram o passado, Larissa conta sobre os abusos que sofreu de Dennis e como Malu reagiu à tamanha violência.

Durante todos os anos que ficara casada com Dennis, ele maltratara-a. E ela, por acreditar que tudo aquilo que ele fazia era em nome do amor - ele manipulava-a a acreditar nisso, totalmente abusivo - vai tentando dar conta da situação.

Até que chega o momento em que ele é levado à julgamento. Em defesa da vítima, que é a Larissa, Diego faz de tudo para que Dennis seja preso e permaneça assim após ser condenado.

Alguns pedaços são muito pesados e eu aconselho a quem já passou por isso ou está passando que tome cuidado, pois há gatilhos.

"Quanto tempo seria necessário viver no inferno até, finalmente, alcançarmos o céu?"

Por outro lado, há cenas muito fofas que deixam a estória leve, como a amizade entre a Vitória, sobrinha de Diego e filha de Clara e Alexandre, com a Malu. Os encontros entre os protagonistas no restaurante também .

Além da Clara e da Vitória, outros personagens também são muito cativantes, como a Janaína, que é a melhor amiga da Larissa e tem um papel fundamental na sua vida. A Jana tem um namorado chamado Heitor, que, por sua vez, tem um irmão, o Fred.

O Fred deveria ser o rolo da Larissa, pois é isso que o casal de namorados queria. Mas acaba que esse lance toma outro rumo. Em uma cena, ele diz uma coisa para a Larissa que me tocou muito. É essa:

"Acredite no tempo. Um dia ele vai trazer alguém que te dará apenas sorrisos. Seu coração vai disparar, e não será por medo."

É a primeira vez que leio um livro que aborde esse tema de violência doméstica. Eu gostei muito do enredo, do desenvolvimento da história, da entrega dos personagens, ainda que alguns diálogos entre o Diego e a Larissa não tenham me cativado tanto.

Além de tudo, é perceptível o que a Larissa sente. Esse confronto de sentimentos como o medo e a esperança, o ódio e o amor, a vontade de fazer dar certo e a insegurança do que pode dar errado, a quem ela era e a quem se tornou é importante e incrível.

"Depois do fim, ainda temos que lidar com nossa mente fragmentada e um coração doente. Aprendemos a viver cercadas por medo, insegurança, desconfiança e todos os outros sentimentos negativos que existem. Não nos recuperamos depois do fim. A verdade é que continuamos, por um bom tempo, reféns de todo o terror que um dia vivemos."

A Camila, autora do livro, é a verdadeira responsável por isso. Você consegue visualizar e se emocionar com os passos que a Larissa dá a cada dia. É o ponto chave da estória e o que conduz o desenrolar da narrativa.

"O problema do medo é este: é incontrolável. É algo que nasce no seu interior e simplesmente explode, sem que você consiga raciocinar a coerência disso tudo. Primeiro você sente, e só depois descobre por que está sentindo."

O relacionamento do Diego e da Larissa é algo construído baseado em um principal fator: o tempo. Enquanto o Diego se apaixona por Larissa desde quando bate os olhos nela e vê o que está estampado em seu olhar, sua sobrevivência, sua vontade de querer sempre melhorar por ela e também pela filha, a mocinha vive essa questão diária de se entregar ou de recuar.

"Confiar talvez fosse a parte mais difícil para quem tivera o seu mundo destruído."

"Conhecera suas dores, mas não seu coração. Enxergara suas feridas, mas não o que a fazia sorrir. Sabia seus medos, mas não o que lhe trazia alegria. Alcançara apenas a parte ruim, e o pior era que me apaixonara completamente por ela."

O final do livro é emocionante e ao mesmo tempo desesperador. Te faz ficar preso até o fim esperando pelo que vai acontecer. Eu amei o livro. As citações, em especial, são perfeitas. Foi difícil escolher só algumas para estarem nesse post.

"O amor não causa dor. Não machuca. Não destrói. Não mata."

Enfim, eu gostei do livro, me envolvi, devorei-o e indicaria para qualquer pessoa. Mas com a ressalva de que é um tema complicado e que deve ser avaliado antes do início da leitura.

É isso. Espero que tenham gostado da resenha! Até a próxima! Mas, antes, deixarei uma outra citação PERFEITA, que, inclusive, está na orelha do livro.

"Às vezes, o silêncio se fazia necessário para que pudéssemos encontrar nossa alma. Mas quando o coração transbordava sentimentos, era nosso dever compartilhá-los. Não se aprisionava o amor. Não se detinha a esperança, e muito menos se matava a fé."

Beijos!

24 comentários:

  1. mt legal essa indicação, gosto mt de leituras assim que nos prendem pra saber o final

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lívia!
      Que bom que gostou da indicação!! É muito bom, né?
      Beijos!

      Excluir
  2. Parece ser muito bom! Deu vontade de ler, parabens pelo resumo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Que bom que gostou da resenha!! Leia, sim!!
      Beijos!

      Excluir
  3. Eu não conhecia esse livro ainda, adorei, parece ser muito bom!
    Bisous,
    Blog Pequeno Muffin | Lara Reis
    www.pequenomuffin.com.br

    ResponderExcluir
  4. Amo este 3Stilo de leitura.não conhecia o livro mais pela resenha é daqueles que te deixa ligado até a última pg.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Sim, sim, prende até o fim. Você fica vidrada!!
      Beijos!

      Excluir
  5. Não é o meu gênero de leitura, mas a forma como você conduziu a resenha me deixou bastante interessada e curiosa. Nunca li nada da autora, mas esse livro parece uma boa leitura. Mas como é uma série, teria que ler os anteriores antes.

    Tatiana - Sapore Magico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Então, eu não li os outros antes hahaha. Li avulso mesmo, e não senti diferença, não.
      Mas o livro é ótimo. Você vai gostar!
      Beijos!

      Excluir
  6. amo historias de romance, amor, sempre me deixam bem, são sempre meus favoritos
    adorei e não conhecia
    www.mundodasmulheresbrasil.com

    ResponderExcluir
  7. Esse eu quero ler com certeza, adoro romances, obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  8. Ja quero comprar, parece ser empolgante... Amo ler!!! Ainda nao conheco a Camila!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliza!
      É super empolgante, você vai amar e se apaixonar pelo Diego! <3
      Beijos!

      Excluir
  9. Resenha maravilhosa como sempre. É um tipo de "enredo" que gosto bastante me deixar presa querendo saber o final. Obrigado pela dica!

    www.chovendo-risos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laysla!
      Que bom que gostou da resenha!
      Por nada!
      Beijos!

      Excluir
  10. Amei a resenha! Queria começar a ler agora mesmo!!! É exatamente o tipo de estória que gosto! Profunda, sentimental, triste...espero q eu ainda possa ler esse livro! Obg pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Simone!!
      Que bom que gostou da resenha! Tenho certeza que você vai adorar!!
      Beijos!

      Excluir
  11. Eu nunca li nada dela, até conheci ela na bienal mas ainda não tive essa chance. Vou olhar agoraaaa!

    beijo, Bru.
    maniadebruna.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bru!
      Eu também não conhecia. Achei a capa bonitinha e comprei hahahah. A história bateu com a capa. Tão boa quanto!
      Beijos!

      Excluir
  12. Se você ler sua resenha, é provável que este livro sobre violência doméstica tenha uma sequência ... Eu gosto de ler sua resenha.

    Saudações da Indonésia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Himawan!
      Que bom que gostou da resenha!
      Volte sempre!
      Beijos!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.